O número de pessoas afectadas pela Síndrome da Visão do Computador (ou Computer Vision Syndrome – CVS) começa a atingir uma proporção verdadeiramente preocupante. Calcula-se que venha a afetar cerca de 25% de quem está mais de três horas diárias em frente a um ecrã.

Se também sente aquele ardor nos olhos e visão turva por passar demasiadas horas seguidas em frente ao computador, deve ler este artigo e tratar os sintomas.

Causas do Síndrome da Visão do Computador

Seja por lazer, trabalho ou estudos, as pessoas que tendem a fazer um uso exagerado das tecnologias, através de smartphones, tablets, computadores e televisores, sofrem desta doença ou estão expostos à mesma. O CVS atinge as pessoas que passam três ou mais horas por dia a olhar para estes dispositivos, fazendo deste um hábito recorrente.

A tendência será agravar-se, já que cada vez mais vai ser comum aliar a visualização de conteúdos em vários ecrãs simultaneamente, sendo praticamente inevitável contactar com qualquer um destes aparelhos ao longo do dia.

Se os dados estatísticos atuais são alarmantes, o que se prevê para o futuro é ainda mais grave. Segundo um estudo recente divulgado no Ophtalmology Journal, metade da população mundial, aproximadamente 4,8 mil milhões de pessoas, irá sofrer de miopia em 2050. O número dispara quando se prevê o número de pessoas que estejam suscetíveis a desenvolver a síndrome: cerca de 70 milhões, que é o total da população mundial.

Apesar da importância de acompanhar a evolução das novas tecnologias, não podemos descurar o facto de ser prejudicial o exagero da utilização dos aparelhos.

Tornou-se comum e irrelevante para qualquer pessoa sentir cansaço ocular, visão desfocada ou até mesmo dores de cabeça. Se tem estes sintomas, pode sofrer de Síndrome da visão do computador. O motivo repete-se consecutivamente, mas não é evitado: consecutivas horas com os olhos fixos no ecrã.

Verifique se se identifica com algum dos sintomas deste Síndrome:

  • Olhos irritados ou vermelhos;
  • Comichão e coceira nos olhos;
  • Olhos secos ou lacrimejados;
  • Cansaço ocular;
  • Sensibilidade à luz;
  • Dificuldade em focar algo;
  • Visualização de cores alteradas;
  • Visualização de halos em redor de objectos;
  • Visão turva ou dupla.

Especialistas em saúde ocular definiram grupos de risco, com base nas profissões com maior risco de desenvolver este tipo de Síndromes. Alguns dos profissionais identificados são: académicos, estudantes, jornalistas, controladores aéreos, engenheiros e artistas gráficos.

As crianças também são um grupo de risco devido ao hábito de estarem horas seguidas a jogar em diferentes dispositivos.

 Como pode prevenir?

A técnica mais eficaz que poderá resolver este problema denomina-se por Regra 20-20-20 e consiste em, a cada 20 minutos, parar 20 segundos e olhar para alguma coisa a 20 pés (cerca de seis metros).

Outras técnicas:

  • O ecrã deve estar a 50-60 cm dos seus olhos.
  • A parte superior do ecrã não deve ficar acima da linha ocular;
  • Quando estiver a escrever, os suportes para papéis devem estar junto ao ecrã;
  • A sala onde o computador se encontra deve estar bem iluminada, de preferência com luz incandescente;
  • Evite reflexos no ecrã;
  • Piscar os olhos ou fechá-los durante alguns segundos frequentemente;
  • Manter limpo o ecrã do monitor;
  • A cada hora a olhar para o monitor, descanse 5 minutos, olhando para algo distante;
  • Use óculos com graduação adequada ou os chamados “óculos de descanso”;
  • Agende uma consulta de oftalmologista, sempre que considere necessário;
  • Utilize softwares que ajudam a poupar o esforço dos olhos enquanto trabalha, como o lux, o ProtectYourVision ou o RedshiftGUI.

Preste atenção ao Síndrome da visão do computador

Esteja atento ao seu piscar de olhos. Se for muito frequente então é altura de parar por alguns instantes. O normal é piscar 17 ou mais vezes num minuto. Se o número for inferior a este (abaixo de 15 vezes/minuto), tome cuidado com a exposição dos seus olhos a ecrãs. O mesmo deve fazer assim que começar a sentir os seus olhos a ficar irritados.

Ainda vai a tempo de prevenir males maiores.  

Tenha cuidado com os seus olhos. São dos bens mais preciosos que temos.