digitalgreen digitalgreen

Passo a passo para construir uma marca de sucesso

Como construir uma marca de sucesso. Passo-a-passo

Scroll Down

Passo a passo para construir uma marca de sucesso

Construir uma marca de sucesso não é tarefa fácil. No entanto, pode ser conseguido através da aplicação de uma estratégia passo-a-passo que guiará e facilitará todo o processo. Essa estratégia consiste na definição do público-alvo da empresa que vai ser trabalhado pelo departamento de marketing e vendas, criação de personas que representam esse público-alvo ou segmentos dele. A estratégia abrange ainda o posicionamento da marca e a sua personalidade, pela definição da proposta de valor da marca e ainda pela escolha do nome, logótipo e slogan que a identificarão no mercado onde vai operar.

Aqui vai poder descobrir em que consistem cada um desses elementos de construção da marca.

Para saber mais sobre Banding e gestão de marcas, leia esta publicação que fizemos para si – Branding – como criar uma marca de sucesso.

Defina seu público-alvo

O primeiro passo para construir uma marca de sucesso é perceber para quem é que a nossa empresa vai vender produtos ou serviços? Com base na estratégia de negócio, defina o segmento da público-alvo para quem a empresa vai concentrar os esforços de comunicação e vendas. É imprescindível conhecermos este público, os seus hábitos de consumo, dados demográficos, preferências e comportamento.

Criar uma persona

A persona é uma representação fictícia de um consumidor típico da nossa empresa, que pode ser criada a partir da pesquisa de público-alvo. Uma marca pode ter várias personas, porque nem sempre vende para apenas um perfil de cliente. Com a definição das personas – com nome, idade, preferências pessoais, crenças, valores e hábitos de consumo – é mais fácil entendermos o perfil e o comportamento dos clientes e criar a nossa marca com muito mais assertividade, para que os consumidores se identifiquem verdadeiramente com ela.

Definir o posicionamento

Posicionamento é o lugar que a marca ocupa nos corações e mentes dos nossos clientes, diferenciando-se da concorrência.
O que é que a nossa marca faz diferente e melhor que o resto do mercado para que seja a escolhida e a preferência dos clientes? O posicionamento é o resultado dos benefícios ou atributos em que sua empresa é superior. Exemplos desses benefícios são a qualidade, o serviço, a tecnologia empregue, a rapidez, entre muitos outros. Exemplos clássicos de posicionamento baseado na qualidade estão retratados nos slogans usados pelas empresas Pescanova – “o bom, sai bem” ou na Omo – “lava mais branco”. Por outro lado, temos marcas com posicionamentos mais ousados, como a marca de telecomunicações WTF do grupo NOS ou a Red Bull – “dá-te asas”, que retratam claramente o comportamento arrojado e desafiador ao qual as marcas pretendem associar ao seu posicionamento. Outra forma de reforçar o posicionamento de sua marca é associá-la a causas sociais e ambientais, sempre estas correspondem aos valores das personas. Ao mostrar a influência e o poder da nossa marca nessas áreas, ela aproximar-se-á dos consumidores.

Construir a personalidade da marca

A personalidade da marca (brand persona) traduz-se num conjunto de características humanas que lhe podem ser associadas, como a confiança, inteligência, carinho, acolhimento e arrojo, por exemplo. Agora que a nossa empresa definiu uma estratégia e sabe quem é que compra, o que compra e por que razão compra, ela está em condições de poder criar uma marca de sucesso de forma mais assertiva. A marca Chico tem uma personalidade confiável, carinhosa e acolhedora.
No processo de construir uma marca de sucesso, a personalidade da marca é um dos elementos com maior força para criar conexões emocionais e identificação com o público. Ela deve personalizar valores e causas em que os consumidores acreditam profundamente e estão dispostos a defender.

Definir sua proposta de valor

A proposta de valor é a experiência que o cliente vai ter no relacionamento com uma marca. Ela envolve muito mais que atributos, benefícios e o seu diferencial. Comparativamente, se o público-alvo define quem consome a nossa marca e se o posicionamento define o que ele consome, a proposta de valor é o porquê dessa escolha pelo público. Por exemplo, pensemos na Nike e seu slogan “Just do It”. A proposta de valor é uma experiência de alta performance. Beleza, conforto, durabilidade e outros atributos e benefícios são secundários. O que a marca promete é ajudar seus clientes a alcançarem os seus objetivos desportivos. Depois que a marca tiver sido lançada, é possível fazer uma pesquisa de Avaliação de Proposta de Valor e verificar o quanto os nossos clientes estão satisfeitos com a experiência de se relacionarem com ela.

Escolher o nome

A escolha do nome da marca é outro dos fatores imprescindíveis para construir uma marca de sucesso. O nome é o primeiro elemento que ativa a lembrança de marca. Ele deve trazer associações fortes, positivas, favoráveis e exclusivas com todos os conceitos apresentados nos passos anteriores. Deverão ser usados nomes curtos e de fácil memorização, escrita e pronúncia, tanto que algumas marcas criaram versões reduzidas de seus nomes:

Exemplos disso são a Coca-Cola: Coke; a Chevrolet: Chevy; Budweiser: Bud, etc.
Antes da marca ser lançada, é importante fazer um teste de conceito do nome, assim como do logotipo e do slogan.

Design do logótipo

O design do logótipo é outro elemento da marca que deve facilitar sua lembrança e a diferenciação da concorrência. Os elementos usados no logótipo são as cores, as formas, a tipografia (letras) e os símbolos. Há logos que usam exclusivamente símbolos, como o da Apple, outros que usam apenas tipografia, como o da Coca-Cola, e logos que transformam a tipografia de tal forma que ela se torna um símbolo, como no caso da Volkswagen.

Definição do slogan

O slogan é uma frase curta, muitas vezes usada junto com o logótipo, e que comunica o posicionamento da marca. Uma das empresas mais conhecidas por saber como criar uma marca de sucesso, a Coca-Cola, desenvolve novos slogans em intervalos curtos de tempo, sempre com pequenos ajustes ao posicionamento em função dos conceitos de suas campanhas publicitárias globais.

É realmente importante perceber que não é possível construir uma marca de sucesso sem testar conceitos e elementos de branding ao longo do processo de construção da marca. E, ao contrário do que muitos pensam, isso pode ser feito com muita agilidade e investimentos acessíveis, utilizando processos de pesquisa digitais.


Compreenda melhor os conceitos de marca e de branding:

Branding – Como criar uma marca de sucesso?